sexta-feira, 16 de outubro de 2009

Desabafo ....

Tenho chorado lágrimas de sangue
Mas você não pode vê-las
Não resta nada além de todo o sentimento,
que durante muito tempo tenho alimentado
O qual você não faz questão de descarta-los.
Vem chovendo desde que você me abandonou
E agora tenho me afogado com frequência em dilúvios
Eu sempre fui tão lutadora , mas sem você eu desisto
Agora não posso cantar uma canção de amor,
da forma como deve ser bem cantada
Acho que nunca mais serei boa .... isto sou eu ?

Estarei aqui até que as estrelas parem de brilhar e o céu exploda
E as palavras deixem de rimar ....
Eu sei que quando eu morrer você estará em minha mente
E o castigo seja te amar sozinha ... sempre.

Agora tudo são apenas lembranças .... de uma vida diferente
que sorrimos e choramos e tudo se resumiu em dizer adeus .
O que eu não daria ? Esquece ....
Eu já cometi tantos erros, sou apenas uma mulher ....
Eu pedi tão pouco....
se você me pedisse para chorar pôr você - eu choraria
Se você me pedisse para morrer pôr você - eu morreria
Queria que você olhasse no meu rosto não há preço para estas palavras
Eu não tenho sorte em jogos..... poderiamos arrumar malas partir para o País dos sonhos
Um lugar onde o sol Brilhe .

Môni

Um comentário:

Cleber D. Gräuth disse...

Enamorei-me pelas suas palavras